Em noite de festa, Gama vence Luziânia e mantem invencibilidade

A noite desta quarta-feira promete ser inesquecível para o torcedor gamense, ou, pelo menos, paras as nossas torcedoras. Além da vitória sobre a equipe do Luziânia por 1 x 0, gol do atacante Alvinho, o nosso maior patrimônio, a torcida, foi homenageada nesta data especial, em que se comemora o Dia Internacional da Mulher.

O jogo

O Gama entrou em campo bastante modificado. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Dudu Gago cedeu a vaga na lateral direita para o volante Everton Cézar. No meio campo, ao invés dos três volantes, Gueldini escalou um time mais ofensivo, com Jefferson Paulista e Michel Pires na responsabilidade de armação. Na lateral esquerda Felipe Assis assumiu a vaga de Kaká e Alvinho atuou ao lado de Roberto Pitio, desbancando Potita.

O jogo começou com o Gama buscando o resultado. Com bons toques de bola e um time bem postado, o alviverde iniciou a partida buscando o primeiro gol. Jogando contra a retranca da equipe azulina, o Gama insistia em jogadas de linha de fundo e chutes de longa distância, que algumas vezes assustaram o goleiro Sid. O único gol da partida saiu ainda na primeira etapa de partida. Aos 30, Baiano fez belo lançamento para Eduardo José que escorou para Alvinho tirar do goleiro e abrir o placar. Gama 1 x 0.

Após o gol o alviverde se acomodou na partida e apenas trabalhou a bola, fazendo o tempo passar e evitando um desgaste maior na partida, tendo em vista que a equipe do Luziânia pouco atacava. A unica oportunidade da equipe goiana aconteceu no segundo tempo, em uma cobrança de falta, onde a bola passou rente a trave direita do goleiro Maringá. Aos 44, o Gama teve a oportunidade de ampliar em bela falta cobrada por Baiano, que passou rente a trave esquerda do goleiro Sid.

O zagueiro Pedrão, que retornou aos gramados após ficar duas partidas de fora, por lesão, analisou a partida. “Hoje foi um jogo muito bom. A gente sabia que ia ser um jogo extremamente difícil, a gente briga contra esses times para ser campeão, que é o Luziânia o Brasiliense, o Ceilândia. A partir de hoje vai ser um pouco mais complicado,  não que as partidas anteriores tenham sido fáceis, mas estamos preparados pra isso, esperamos trabalhar um pouco mais forte agora, descansar um pouco para que domingo a gente possa estar 100% . O Gama sem o nosso torcedor não é nada, precisamos deles aqui nos apoiando para chegar no clássico e conquistar mais uma vitória na competição”, analisou.

Homenagem ao nosso maior patrimônio: nossa torcida  

Além partida, a noite desta quarta-feira foi de muitas homenagens a todas aquelas que tem o Gama como seu time do coração. Várias torcedoras foram selecionadas pela equipe do marketing de clube e foram homenageadas no gramado do Estádio Bezerrão pelo Dia Internacional da Mulher. Sócias Torcedoras, atletas da equipe feminina e torcedoras fanáticas do clube foram ao gramado no intervalo receber uma pequena homenagem da diretoria. Elas receberam rosas das mãos do presidente Weber Magalhães e foram aplaudidas pelas mais de duas mil pessoas presentes na partida. Beatriz Pereira Cavalcante foi a sócia contemplada com o kit contendo Camisa Oficial, Boné e Sandália.

FICHA TÉCNICA

Gama 1 x 0 Luziânia
Quarta-Feira, 08 de Março de 2017 – Estádio Bezerrão – Gama

Público total: 2.272
Público pagante: 1.597
Sócio-torcedor: 114
Cortesias: 205
Gratuidade: 356
Renda: R$ 17.880

GAMA: Maringá; Everton Cezar, Pedrão, Bronzatti, Felipe Assis; Eduardo, Baiano, Michel Pires, Jéferson Paulista; Alvinho e Roberto Pitio. Técnico: Reinaldo Gueldini

LUZIÂNIA: Sid; Amaral, Cauê, Rodrigo Barros, Rodriguinho; Castro Jr., Thompson, Robinho e Renatinho; Dan e Laécio. Técnico: Ricardo Antônio

 

Comentários

comentarios