Gama abre vantagem no primeiro jogo das quartas

Mário Henrique comemora gol de falta que abriu o placar no Diogão | Foto: Douglas Oliveira (ASCOM Gama/Fértil Comunicação)

O Gama não deu sorte ao azar e venceu o Formosa no primeiro jogo das quartas de final do Candangão 2019 por 2 a 0 debaixo de muita chuva no interior goiano. Com a vantagem, o alviverde pode perder o jogo de volta por até dois gols de diferença que avança à semifinal.

Mesmo com a chuva torrencial que caiu em Formosa durante toda a tarde e noite o gramado do estádio não decepcionou, manteve as boas condições para a partida entre o time da cidade e o visitante Gama. 

Desde o começo do jogo o Gama apertou o ritmo e tentava marcar a qualquer custo. Aos 15 minutos Tarta bateu de dentro da área e o zagueiro do Formosa tirou em cima da linha.

A pressão do Periquito deu certo e o Gama chegou ao gol com 34 minutos. O lateral esquerdo Mário Henrique cobrou falta alta na área, o goleiro Matheus foi segurar e acabou espalmando a bola para dentro do gol. 

O goleirão adversário aprontou outra no segundo tempo. Wisman seria lançado aos 28 do segundo tempo em contra-ataque, o goleiro formosense estava fora da área, parou a bola com a mão e foi expulso.

Passe de categoria
Aos 39 minutos do segundo tempo uma jogada bem construída garantiu a vitória ao Gama. Gilsinho tocou entre dois defensores à frente de Wisman. O atacante do Gama passou pelo lado do marcador, pegou a bola e chutou no contrapé do goleiro, sem chances de defesa. Formosa 0x2 Gama.

No jogo de volta, no próximo sábado (30), o Gama receberá o Formosa no estádio às 20h. Por ter feito melhor campanha na primeira fase, o Gama tem a vantagem de jogar pelos resultados iguais, ou seja, pode perder por até dois gols de diferença, sem contar gols em casa ou fora. 

 


 

Ficha Técnica:

Formosa 0×2 Gama
Campeonato Candango de 2019
27 de março de 2019
Estádio Diogão, 20h

Formosa
Matheus; Jair Júnior; Elton, Paganelli; Roque Netto (Maxwell); Agenor, Juninho Arinos, Foguinho, Moisés Rato (Marcão); Jessuí e Jean Bala (Everton Cezar)
Técnico: Heli Carlos

Gama
Calaça; Felipe Tavares; Gusttavo, Emerson; Mário Henrique; Tiago Gaúcho (Filipe Werley), Wagner Balotelli, Tarta (Gilsinho); Jefferson Maranhão, Vitor Xavier e Betinho (Wisman)
Técnico: Vilson Tadei

Gols: Mário Henrique  (GAM / 34′ 1ºT) e Wisman (GAM / 39′ 2ºT)
Cartões amarelos: Felipe Tavares (GAM), Gusttavo (GAM), Gilsinho (GAM), Jefferson Maranhão (GAM), Paganelli (FOR) e Roque Netto (FOR)
Cartão vermelho: Matheus (FOR)
Público e renda: 1.039 pagantes (R$ 10.087,00)

Árbitro: Anderson Bassotto
A1: Lucas Guerra
A2: Lucas Modesto
Quarto árbitro: Maguielson Lima
Analista de Campo: Geufran

Comentários

comentarios