Gama declara guerra aos cambistas e reforça timemania

timemania-gamaA nova Diretoria do Gama começa a mostrar serviço às vésperas do início do Campeonato Candango 2017. Neste próximo domingo (05) o Periquito recebe o Atlético Taguatinga no estádio Bezerrão na estréia da temporada.

Para este ano, o setor de Marketing lançou uma campanha no sentido de inibir a venda ilegal de ingressos nos jogos do Gama. Ano passado chegava a ser assustadora a quantidade de cambistas vendendo os ingressos na porta do estádio pelo mesmo valor do preço praticado nas bilheterias. Ao mesmo tempo o público anunciado no estádio visivelmente não coincidia com a quantidade de pessoas presentes nas arquibancadas.

Desta forma, a Diretoria decidiu declarar guerra aos cambistas que querem “fazer uma graninha” às custas do Gama. Além de fazer campanha no sentido de conscientizar o torcedor gamense, iniciou conversas com a Polícia Militar para receber denúncias e recolher os acusados do crime à Delegacia.

Timemania

Outro trabalho que volta a ser retomado no clube é a campanha de apostas na Timemania. Esta campanha iniciada pela empresa 10 Sports em 2015 estimulava a torcida a apostar na loteria criada e chancelada pela Caixa Econômica Federal. Além de premiar os apostadores, ainda rende aos cofres uma renda mensal significativa que ajuda a manter em dia as obrigações do clube. A matemática é simples: Quanto maior o número de apostas, maior a renda recebida pelo clube.

Segundo o conselheiro Márcio Almeida, o Gama apesar de estar um bom tempo fora das competições nacionais vem oscilando entre a 25ª e 28ª posição no ranking nacional de apostas (muito próximo de times de primeira divisão como o Coritiba-PR por exemplo).

Utilizando jogadores identificados com a torcida como o zagueiro Pedrão e o volante Baiano, o trabalho vem obtendo bons resultados ainda que no nível local.

Comentários

comentarios