Gama é derrotado de virada no clássico do DF

Não adiantou o domínio da torcida do Gama na arquibancada do Estádio Nacional Mané Garrincha, o gol do alviverde logo no começo do jogo também não foi suficiente para evitar a derrota por virada. 

O Gama começou bem a partida, as trocas de bola entre os atletas gamenses envolviam o time do Brasiliense. Os passes deram certo aos sete minutos de jogo. Fábio Saci recebeu bola da direita, fez o pivô e tocou para Gordo que bateu rasteira e abriu o placar para o Periquito. Gama 1 a 0.

Após o gol, o time gamense passou a recuar mais e deixar a posse de bola com o adversário. A atitude defensiva do Gama custou caro. Restando somente cinco minutos para o fim da primeira etapa, o árbitro marcou pênalti duvidoso de Jacó em Reinaldo. O centroavante Nunes cobrou no meio do gol e empatou o jogo. Brasiliense 1×1 Gama.

Ficou no quase
Fernandinho, em mais uma boa atuação, quase colocou o alviverde à frente do placar. Aos 19 do segundo tempo, o veloz atacante partiu para cima dos adversários e chegou de frente para o goleiro Bruno. Fernandinho chutou forte mas Bruno defendeu, Fernandinho chutou novamente a bola que estava solta e Bruno fez outra ótima defesa e impediu o gol gamense. 

O time do Gama demonstrava aparente cansaço físico e foi envolvido pelas jogadas do clube rival, que fazia os jogadores alviverdes correrem cada vez mais. 

O gol de redenção do clube amarelo aconteceu com 34 minutos rodados no relógio. Felipe Cirne, que havia entrado na segunda etapa, aproveitou sobra de bola e marcou o segundo gol do Brasiliense. 

Cabeça no lugar
Apesar da derrota, o time gamense foi aplaudido na saída para o vestiário, em reconhecimento ao esforço que os jogadores fizeram dentro das quatro linhas. A Sociedade Esportiva do Gama terá quase uma semana para remontar os cacos pós-derrota no clássico. O alviverde entrará em campo novamente na próxima quinta-feira (15) às 20h contra o Santa Maria. 

O Gama segue na segunda colocação do Candangão 2018, com nove pontos conquistados. O alviverde atualmente tem três vitórias e duas derrotas e está atrás apenas do Sobradinho, que possui dez pontos. Com a vitória no clássico, o Brasiliense foi a sete pontos e ocupa a sexta colocação.

 


 

Ficha Técnica

Brasiliense 2×1 Gama
Sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018
Estádio Mané Garrincha, 20h

Brasiliense
Bruno Fuso; Patrick (Felipe Cirne); Wallace, Badhuga; Mário; Aldo, Gabriel, Souza, Reinaldo (Peninha); Romarinho (Elcarlos) e Nunes
Técnico: Rafael Toledo

Gama
Léo; Murilo (Samir); Lúcio, Jacó; Rafinha; Balotelli, Robston, Tarta; Gordo (Fábio Gama); Fernandinho e Fábio Saci (David Dener)
Técnico: Ricardo Antônio

Cartões amarelos: Badhuga (BSE), Felipe Cirne (BSE), Rafinha (GAM) e Fernandinho (GAM)
Gols: Gordo (GAM, 1T 7′); Nunes (BSE, 1T 42′) e Felipe Cirne (BSE, 2T 34′)
Público e renda: 3.401 pagantes; R$27.530,00

Comentários

comentarios