Gama, Formosa e Capital lideram ranking de público do Candangão 2019

A torcida do Gama foi em bom número a Formosa e foi fundamental para a vitória de virada sobre os donos da casa | Foto: Sérgio Vinícius (BloGama.Net)

Como é de costume, o Gama puxa a lista dos times mais populares em público no campeonato candango de 2019. Mesmo com chuvas em duas das três partidas em casa, o alviverde possui quase o dobro do segundo colocado em público presente, com média de 2.025 pagantes. 

Último adversário do alviverde, também tradicional em bons públicos, o Formosa vem em segundo lugar com 1.191 pagantes. O time do interior goiano costumeiramente é abraçado pela população da cidade, mantendo média mais alta que quase todos os times do campeonato. 

Ações para melhora do público
Em terceiro lugar uma surpresa. Recém promovido à primeira divisão, o Capital adotou o Mané Garrincha como sua casa e tem feito diversas ações promocionais para levar torcida aos jogos. Ao que parece a atitude da diretoria da Coruja do Cerrado tem dado resultado, o Capital Clube de Futebol está em terceiro lugar na média de público, com 1.161 pagantes. 

Em suas ações, o clube azulino investe em divulgação nas redes sociais, ingressos a preços super populares (R$1,00) e na distribuição de bilhetes por familiares, atletas e funcionários. Na última partida em seus domínios, na quinta rodada, 1.352 pagantes viram o Capital vencer o Taguatinga por 1 a 0.

Outro time que tem realizado ações diferenciadas para atrair o público é o Gama. Em 2019, com a diretoria de marketing do clube terceirizada para a Fértil Comunicação – agência especializada em marketing promocional em Brasília -, o Gama tem realizado diversas ações dentro e fora dos gramados. Sorteios de ingressos, de camarotes com tudo incluso e brincadeiras com torcedores  no intervalo dos jogos foram realizados até o momento. 

O Brasiliense, segundo maior campeão do DF, está na quarta colocação no ranking de média de público pagante do Candangão 2019. O clube amarelo tem, até o momento, a média de 889 pagantes. Uma curiosidade é que mesmo com o time invicto e não tendo levado nenhum gol, o público diminuiu do primeiro ao terceiro jogo. Na partida de estreia, contra o Santa Maria, os torcedores do Brasiliense compraram 1.015 ingressos. Na terceira rodada, no empate com o Real, 846 pessoas assistiram ao jogo. E na rodada do último final de semana, contra o Capital, apenas 806 torcedores pagaram para incentivar o time. 

A zona de rebaixamento de público
Em destaque na parte de baixo da tabela de classificação da média de público estão dois times em situações distintas na classificação no campeonato. Em penúltimo, o Real, que briga para entrar no G4 do campeonato, teve apenas 138 pagantes de média. Na rabeira, em último lugar da média de público, está o Bolamense. Sem nenhuma vitória no campeonato e com 21 gols tomados até o momento, o time em homenagem à ilha africana de Bolama foi o que menos teve partidas com mando de campo próprio: dois jogos. A média fica em apenas 63 pagantes.

No ranking levantado pelo BloGama, evidencia-se o Santa Maria. O Santinha, como é carinhosamente chamado, está na sexta colocação com a média de 733 pagantes. O bom desempenho do time grená em ingressos vendidos contrasta com a penúltima colocação no campeonato candango. O feito se dá pelo fato de ter sido mandante na quarta rodada em jogo contra o Gama, no Estádio Bezerrão. No jogo, 2.015 torcedores (a grande maioria gamense) pagaram ingressos. Nos outros jogos do Santa Maria, apenas 100 torcedores pagaram para assistir ao jogo contra o Formosa segunda rodada, e 84 pessoas adquiriram ingressos contra o Ceilândia na sexta rodada.

Decepcionaram
Sendo normalmente dois times com torcidas presentes, Luziânia e Sobradinho decepcionam na média de público até o momento. Ambas as equipes estão em boa situação na tabela de classificação do campeonato: o Luziânia está em terceiro lugar e o Sobradinho em quarto. Mesmo com o bom desempenho dentro de campo, estão em posições nada boas no ranking de público médio pagante. O Luziânia amarga a média de apenas 414 pagantes no Serra do Lago; o Sobradinho tem somente 344 pagantes de média nos jogos realizados em seus domínios. 

 


 

Ranking completo:

(primeira linha: média de público; linhas abaixo: adversários que o time enfrentou em casa e seus respectivos públicos de acordo com os borderôs disponíveis no site da FFDF)

Gama – 2.025 pagantes
– Bolamense: 1.789
– Capital: 2.298
– Luziânia: 1.990

Formosa – 1.191 pagantes
– Taguatinga: 1.045
– Paracatu: 1.062
– Real: 1.009
– Gama: 1.649

Capital – 1.161 pagantes
– Ceilândia: 1.129
– Luziânia: 1.002
– Taguatinga: 1.352

Brasiliense – 889 pagantes
– Santa Maria: 1015
– Real: 846
– Capital: 806

Paracatu – 787 pagantes
– Gama: 700
– Brasiliense: 938
– Bolamense: 724

Santa Maria – 733 pagantes
– Formosa: 100
– Gama: 2.015
– Ceilândia: 84

Luziânia – 414 pagantes
– Paracatu: 609
– Santa Maria: 226
– Sobradinho: 409

Sobradinho – 344 pagantes
– Capital: 515
– Taguatinga: 307
– Formosa: 210

Ceilândia – 260 pagantes
– Real: 180
– Bolamense: 81
– Brasiliense: 521

Taguatinga – 237 pagantes
– Brasiliense: 463
– Ceilândia: 195
– Bolamense: 55

Real – 138 pagantes
– Sobradinho: 111
– Santa Maria: 60
– Paracatu: 243

Bolamense – 63 pagantes
– Luziânia: 76
– Sobradinho: 51

Comentários

comentarios