Gama mostra força e vence o Paracatu fora de casa

Além de marcar o gol da partida, Baiano teve bom desempenho na marcação | Foto: Sérgio Vinícius (BloGama.Net)

Com um golaço de Baiano em cobrança de falta do meio de campo, o Gama venceu o Paracatu jogando no interior mineiro e encostou no Brasiliense, atual líder do campeonato. O alviverde tem duas partidas a menos que o rival e apenas um ponto atrás na tabela de classificação. 

O começo nervoso de jogo com o campo encharcado atrapalhou o ataque de ambas equipes. Os donos da casa tiveram duas tentativas de chute de fora da área com Dim na primeira etapa e não conseguiram levar perigo real à meta de Jorge Miguel, estreante nas traves do Gama.

Uma bomba!
O único gol da partida saiu com cobrança de falta do volante Baiano aos 21 minutos da segunda etapa. Sem dar chances para o goleiro, o capitão gamense soltou uma verdadeira bomba do círculo do meio de campo. Em decaída, a bola viajou e entrou no espaço perfeito entre a mão do goleiro e o travessão. 

Sem estrutura
Se para o Tribunal de Justiça Desportiva do Distrito Federal (TJD/DF) o estádio Bezerrão não tem condições de receber jogos pela altura dos alambrados e falta de segurança, o Frei Norberto, em Paracatu/MG, demonstra muita fragilidade para receber partidas de futebol profissional. Com iluminação pra lá de ineficiente e gramado sem drenagem, o jogo deste sábado foi a demonstração do semiprofissionalismo do Candangão. 

Poças d’água tomaram a lateral de uma das traves do estádio e os refletores não deram a iluminação que se espera de uma praça esportiva, transformando o Estádio em um breu. Homens e mulheres da torcida visitante dividiam apenas um banheiro químico colocado em uma área alagada da arquibancada. O alambrado com pouco mais de 2m de altura não parecia ter segurança nem mesmo para ficar erguido por si próprio e o treinador Reinaldo Gueldini teve de fazer a palestra pré-jogo no gramado do estádio. O mesmo se deu no intervalo, o Gama não foi para o vestiário por falta de condições. Ao fim da partida os atletas gamenses foram embora no ônibus com a roupa de jogo e sem tomar banho porque não havia água nem eletricidade no vestiário. 

Substitutos à altura

Lucas Victor recuperou bola quase perdida e levou perigo à meta adversária | Foto: Sérgio Vinícius (BloGama.Net)

A torcida gamense ficou preocupada com a suspensão de quatro titulares do elenco e dois reservas pela briga no clássico contra o Brasiliense. No jogo contra o Paracatu, os jogadores substitutos Jorge Miguel (goleiro), Marcos Baiano (lateral direito), Glaybson (volante) e Lucas Victor (atacante) tiveram boa performance, demonstrando muito empenho. 

Parece novela mexicana
Com dois jogos a menos que o líder Brasiliense, o Gama está apenas um ponto atrás do arquirrival. O time amarelo foi derrotado hoje pelo Brasília, que até então era o lanterna do Candangão. A partida terminou em 3 a 1 para o Colorado, conquistado de virada.

A próxima partida do Gama será na quarta-feira (22) contra o Sobradinho, em jogo remarcado ainda da quinta rodada da competição. A previsão era que o jogo acontecesse no Mané Garrincha às 20h, porém nesta semana todos foram surpreendidos pela mudança para o Diogão, em Formosa/GO, às 15h30. Mas a novela não para por aí, segundo informações do jornalista Danny Pança, o Sobradinho teria desistido desta decisão e voltado o jogo para o Estádio Nacional Mané Garrincha na quarta à noite. Tal informação ainda carece de confirmação no site da Federação de Futebol do Distrito Federal. 

 


Ficha Técnica:

Paracatu/MG 0x1 Gama
Sábado, 18 de março de 2017
Estádio Frei Norberto – Paracatu/MG, 17h30

Paracatu:
Jordan; Renato; Breno, Humberto; Magal; Léo Cruz, Diego, Caio Cabecinha, Carlos Henrique (Ademir); Dim (Diógenis) e João Lucas
Técnico: Buião

Gama:
Jorge; Marcos Baiano; Pedrão, Rodrigo Bronzatti; Felipe Assis; Baiano, Éverton, Glaybson (Michel Jardim), Michel Pires (Gordo); Alvinho e Lucas Victor (Potita)
Técnico: Reinaldo Gueldini

Cartões amarelos: Léo Cruz (Par), Magal (Par), João Lucas (Par), Marcos Baiano (Gam), Pedrão (Gam)

Gol: Baiano (25′ 2ºT)

 

Lance a lance (transmissão do twitter @sigablogama):

1º Tempo:

1T 3′ – Em boa troca de passes no ataque o Paracatu chegou com perigo. Dim chutou de fora com perigo.

1T 19′ – Jogo está truncado no meio de Campo. Gama chegou apenas uma vez com Lucas Victor.

1T 35′ – Glaybson chuta bem de fora da área mas o goleiro Jordan segura forte a bola.

1T 39′ – UUUHH!! Baiano cobrou escanteio e Everton cabeceou forte. Jordan fez grande esforço e tirou a bola.

 

2º Tempo

2T 13′ – Uuuhhh!!! Marcos Baiano cruzou fechado e obrigou Jordan a fazer boa defesa com a bola batendo no travessão.

2T 21′ – GOOOOOOLLL DO GAMAA. Baiano cobrou falta forte quase do meio de campo e abriu o placar. Paracatu 0x1 Gama

Substituição no Gama: Sai Lucas Victor e entra Potita

Substituição no Gama: Sai Glaybson e entra Michel Jardim

2T 42′ – Uuufa. Diógenes fez boa jogada e chutou contra a meta gamense, Jorge encaixou a bola

Gama faz a última substituição. Sai Michel Pires e entra Gordo

2T 45′ – Sozinho de frente com o goleiro, Potita chutou mal e errou o gol.

2T 47′ – Paracatu pressiona e até o goleiro vai para área.

Comentários

comentarios