Insatisfeito com reserva, Dinei deixa o Gama

Foto: Divulgação/Gama

O atacante Dinei, um dos principais reforços do Gama para o ataque, assinou sua rescisão nesta terça-feira (21). Na reserva e com poucas oportunidades, o atleta pediu para deixar o alviverde. Com boas atuações quando teve oportunidade de atuar, Dinei era tido pela torcida como uma possível solução para o ataque, que ainda não convenceu.

Dinei declarou que não ficou ressentimento por sua parte e espera que as portas não estejam fechadas no Gama. “Fico triste por não ter jogado mais, o grupo é incrível, bastante unido e a torcida do Gama é espetacular, conversei com o presidente Weber e com o Paulinho, nos acertamos e saio do Gama como um homem”, disse o jogador à reportagem do Blogama.

Desentendimento

No intervalo da partida do último domingo diante do Formosa,  o técnico Reinaldo Gueldini teria prometido a Dinei  que o mesmo entraria em campo, mas decidiu por Raone e logo em seguida falou para Dinei que o colocaria em dez minutos, o que não aconteceu. “Ali eu vi que não tinha mais espaço, por isso chamei o Weber e pedi minha rescisão lá mesmo, expliquei que preciso jogar e tinha propostas de outros clubes do Goiás. Deixei o Gama por opção minha, não estava sendo aproveitado, nunca tinha passado por isso”, disse Dinei.

Em nota, a Assessoria de Comunicação do Gama declarou que a saída do jogador foi em comum acordo entre as partes e agradeceu ao jogador.  Veja, na íntegra, a nota oficial:

“A direção do Gama e o atacante Dinei entraram em acordo e o atleta está liberado para defender qualquer agremiação. A diretoria alviverde agradece ao jogador pelo serviço prestado e deseja boa sorte na sequência da carreira”

Comentários

comentarios