Ministério Público recomenda suspensão da Ira Jovem Gama

A Torcida Organizada Ira Jovem Gama publicou na tarde desta sexta-feira (25) que foi suspensa por recomendação do Ministério Público à Polícia Militar do Distrito Federal.

De acordo com a nota divulgada pela organizada “não será permitida a entrada de nenhum material de nossa torcida (Ira Jovem), isso inclui camisas, bermudas, calças, bonés, pochete, cordão, bandeiras, faixas, instrumentos musicais ou qualquer item que caracteriza a torcida“.

Ainda não foram divulgados os motivos alegados pelo órgão acusador para recomendar a ação.

Em nota, a torcida agradeceu ao comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar, da cidade do Gama, pelo contato e esclarecimentos realizados.

Sede aberta
A galinhada grátis prevista para o sábado pré-jogo (26) que foi divulgada pela torcida organizada está confirmada, segundo os uniformizados, o evento acontecerá normalmente. “O apoio de todos os integrantes e torcedores do Gama será muito importante nesse momento. Estão todos convidados para confraternizar conosco na sede da torcida e depois, lado a lado, cantarmos alto e gastar a palma da mão para empurrar o Gama à vitória”, afirmou Breno Rodrigo, vice-presidente da Ira Jovem Gama.

Atenção
O aviso da organizada aos integrantes e torcedores comuns do Gama que possuem material da Ira Jovem é para que não usem os artigos para comparecer ao jogo de estreia contra o Bolamense, caso contrário não conseguirá assistir ao jogo.  A sugestão a todos é que utilizem camisas comuns do Gama.

Comentários

comentarios