Muita confusão, pouco futebol

O Gama recebeu a equipe do Brasiliense na tarde deste domingo para jogarem o clássico candango nº 55. As duas melhores equipes do campeonato fizeram um jogo recheado de emoções. O Gama saiu na frente com o artilheiro Roberto Pitio cobrando falta. Mas poucos minutos depois o veterano Reinaldo empatou para o Jacaré.

Com bola rolando ambas as equipes iam conquistando um ponto cada e seguiriam invictas. Mas aí veio a confusão generalizada entre jogadores que se estendeu para a torcida. O Árbitro Almir Camargo encerrou o jogo e cabe agora aos Tribunais julgar quem será punido pelo ocorrido.

O Gama entrou em campo com praticamente o mesmo time da rodada passada contando apenas com o retorno de Dudu Gago para a lateral direita. Com apenas quatro minutos de bola rolando o Gama mostrou seu cartão de visitas quando Eduardo de cabeça escorou cruzamento que raspou o travessão.

Aos 20′ Baiano cobrou escanteio e quase faz gol olímpico. O Brasiliense respondeu com uma bela cobrança de falta de Souza onde Maringá fez grande defesa. E no finalzinho do primeiro tempo Aldo recebeu na pequena área e chutou no cantinho. Maringá se esticou todo e colocou a bola para fora.

No segundo tempo o Gama abriu o placar. No rebote da zaga Preto Costa acabou dominando com o braço e Almir Camargo apitou a falta. Na cobrança Baiano rolou para Roberto Pitio soltar a bomba de direita rasteira. A bola passou pela barreira e venceu Pereira. Gama 1×0.

Mas o Gama mal teve tempo de comemorar pois o Jacaré chegou ao seu gol poucos minutos depois. Souza cobrou escanteio, a zaga falhou na marcação e Reinaldo bem posicionado escorou de perna direita para o gol. 1×1.

O jogo seguiu disputado e tudo caminhava para o empate até que em cobrança de tiro de meta, Nunes subiu com o cotovelo em cima de Dudu Gago próximo à linha da lateral. Jogadores foram pra cima de Nunes cobrar explicações mas aí vieram os jogadores do Brasiliense. Sobraram voadoras, sopapos, empurrões e correria. Sem condições de reinício de jogo, o árbitro encerrou a partida.

Com o resultado ambos os times mantiveram suas posições na tabela de classificação. Na próxima rodada o Gama vai a Paracatu enfrentar o time mineiro enquanto o Brasiliense recebe o desesperado Brasília.

FICHA TÉCNICA

Gama 1 x 1 Brasiliense
Domingo, 12 de Março de 2017 – Estádio Bezerrão – Gama

Público total: 7.835
Público pagante: 6.834
Sócio-torcedor: 136
Cortesias: 277
Gratuidade: 600
Renda: R$ 85.100,00

GAMA: Maringá; Dudu Gago, Pedrão, Bronzatti e Felipe Assis; Eduardo, Everton (Jeferson Paulista), Baiano e Michel Pires; Alvinho (Paulinho Fernandes) e Roberto Pitio. Técnico: Reinaldo Gueldini

BRASILIENSE: Pereira; Patrick, Welton Felipe, Preto Costa e Mário Henrique; Lucas Zen, Aldo, Souza (Gabriel) e Luquinhas (Malaquias); Nunes e Reinaldo (Guaru). Técnico: Rafael Toledo

Comentários

comentarios