Muito mais que um torcedor

Wendel sempre com o Gama nas arquibancadas agora tem a oportunidade de trabalhar pelo clube.

 

Quem acompanha o Gama nos últimos anos deve ter reparado em algo diferente nessa atual gestão do Gama de Weber Magalhães. A fim de sair do “mais do mesmo”, o atual presidente alviverde decidiu abrir as portas do clube para quem estiver disposto a ajudar. Este foi inclusive o tema de sua campanha à presidente ainda no ano passado.

E um torcedor em especial viu nesta atitude a oportunidade de poder fazer mais pelo clube que tanto ama. Wendel Lopes, integrante da extinta torcida Inferno Verde (2004 a 2007) mostrou que a iniciativa é válida. Primeiro ele fez parte da Comissão de Marketing junto ao Vice Presidente Saulo Diniz. A intenção era de demonstrar a viabilidade da loja Gama Store implementada pela empresa 10Sports na gestão de Tonhão.

Depois Wendel foi o mentor da ideia de levar a loja Gama Store no estádio Bezerrão quando o mando de campo pertencer ao Periquito. Paralelo à isso, o trabalho de resgate do programa Sócio Torcedor: em apenas dois meses de trabalho à frente da comissão, o número de sócios duplicou e foram implementados serviços inéditos como o Mailing (aquele email promocional que recebemos). Fazem parte da Comissão ainda o Conselheiro Marcelo Gonçalo e os torcedores Sérgio Vinícius, Gabriel Caetano, Daliane Oliveira, Júnio Augusto e Nur Omar Shehadeh.

O resultado das ações de Marketing também repercutiram positivamente na torcida. Em especial a última homenagem ao Dia da Mulher onde torcedoras de destaque e sócias torcedoras receberam rosas no intervalo do jogo Gama x Luziânia; Homenagem pelo 14º aniversário da torcida Ira Jovem e as campanhas da Timemania e contra os cambistas.

Wendel defendendo o Gama no TJD-DF

A briga entre torcedores e jogadores de Gama x Brasiliense acabou abrindo outra porta para o torcedor Wendel Lopes. Ele obteve a confiança dos atletas, do Presidente Weber e da Diretoria para poder defender o clube em julgamento realizado na sede do TJD-DF. O presidente Weber Magalhães formou um grupo com quatro advogados experientes e o torcedor que também é advogado pôde integrar a equipe e desta forma conseguiu uma boa vitória no Tribunal: Reduziu a suspensão dos jogadores de seis para três jogos. E mesmo com a perda de cinco mandos de campo (a pena era de 10 partidas), a atuação do advogado-torcedor permitiu a permanência da presença das torcidas durante os jogos do Gama como mandante.

Quem é Wendell Lopes

Formado em Direito pelo UniCEUB, Wendel foi membro e diretor da extinta torcida Inferno Verde. Funcionário Público concursado, acompanha o Gama onde ele jogar e possui uma das mais completas coleções de camisas do alviverde onze vezes campeão candango.

A vontade de ajudar o clube sempre foi um desejo antigo de Wendel: “Ajudar o Gama sempre foi um sonho. Participei de todos os projetos lançados pelo clube de Socio Torcedor. Fazer parte da torcida organizada também foi importante para empurrar o Gama em um período muito difícil (2004 a 2007) pois o time mandava seus jogos no antigo Mané Garrincha e o público ficava abaixo do que a torcida do Gama representa. Ao longo de quase 20 anos, sempre estive nas arquibancadas do DF para empurrar e torcer pelo nosso clube. Também fiz algumas viagens para ver o Gama em jogos fora de casa. Durante algumas viagens realizadas em 2015 e principalmente em 2016 houve uma aproximação com membros da Diretoria do Gama. Agora em 2017, recebi o convite do Marcelo (Gonçalo) para apresentar o projeto para a Gama Store e fui carinhosamente recebido pelo Vice-Presidente de Marketing  (Saulo Diniz) como Assessor de Marketing. Além disso, o Vice-Presidente Financeiro Arilson (Machado) também acreditou no nosso potencial e me apresentou para o Presidente Weber (Magalhâes) visando a participação em alguns aspectos jurídicos do clube. Na véspera do julgamento, o Weber, Miguel Peres e o Dr. Arggeu sugeriram que eu fosse o advogado do Gama no julgamento responsável pela defesa oral do clube. Foi uma grande honra participar desse momento e realizei o sonho de ser útil para o Gama. Nós tivemos todo o suporte jurídico da equipe formada e o desempenho foi construído em conjunto. A parte mais legal de tudo isso foi ver o reconhecimento e carinho de meus colegas torcedores, pois tivemos um torcedor “em campo” para a defesa de nosso time”.

Comentários

comentarios