Paranoá define comissão técnica para Candangão

Elio Junior (à Esquerda) foi responsável por evitar o rebaixamento do Formosa nesta temporada. Foto: Divulgação

A Diretoria do Paranoá Esporte Clube apresentou na noite desta terça-feira (19) a comissão técnica que comandará a Sucuri no Campeonato Candango de 2018. E o nome escolhido foi o de Elio Junior (Juninho) ex-Formosa e Sobradinho.

Elio tem um longo trabalho feito com jogadores jovens e não será diferente agora. O novo treinador da Cobra Sucuri terá em sua companhia o Auxiliar Técnico Giovane Tomé (ex-CFZ), o Preparador Físico Leleco (Formosa) e o Preparador de Goleiros Rômulo.

Em parceria com a UPIS, o Paranoá terá pela frente a Copa Brasília onde a equipe passará por testes para formação do elenco. Apenas dez jogadores que disputou a temporada deste ano deverá continuar no time para 2018. A missão é fazer um campeonato melhor do que neste ano quando brigou contra o rebaixamento e ficou na 10ª colocação.

Apesar do desejo da diretoria, o Paranoá não deverá jogar no seu estádio nesta temporada (O JK está com problemas estruturais e sem condições de receber público). Desta forma o time deverá mandar seus jogos no Augustinho Lima localizado em Sobradinho.

O Paranoá é a segunda equipe a definir treinador para a próxima temporada. Acompanhe abaixo os treinadores já definidos e as possibilidades de cada time:

BRASILIENSE: Rafael Toledo segue no comando do Jacaré;

CEILÂNDIA: Adelson de Almeida é o preferido;

PARACATU: Ainda indefinido, mas a tendência é que Gauchinho ex-Real seja o escolhido;

SOBRADINHO: O preferido era Augusto César, mas a saída do ex-técnico para o Goiás obrigou a Diretoria a buscar outro nome;

GAMA: Indefinido. A Diretoria trabalha em cima dos nomes de Carlos Alberto Dias (ex-Paragominas/PA) e Gilson Granzotto;

LUZIÂNIA: O time alviazulino está em negociações avançadas com Jairo Araújo ex-Santa Maria;

REAL F.C.: Luiz Carlos Carioca não seguirá no Leão do Vale. A diretoria busca um treinador de fora do DF para treinar o time em 2018;

SANTA MARIA: Indefinido;

PARANOÁ: Elio Junior;

BOLAMENSE: O preferido é Marquinhos Carioca, mas até o momento as negociações não avançaram;

SAMAMBAIA: A Diretoria da Cobra Cipó aposta na permanência do técnico Ricardo Antônio, porém ainda não foi oficializado;

FORMOSA: Até o momento indefinido. Porém há chances de que Heli Carlos assuma o Tsunami.

Comentários

comentarios