Ricardo Antônio: “Qual o profissional do futebol que não quer trabalhar com essa camisa tão memorável?”

A diretoria da Sociedade Esportiva do Gama acertou a contratação do técnico Ricardo Antônio na noite desta segunda-feira. E o BloGama conversou com o novo comandante alviverde, que terá a difícil missão de levar o alviverde a conquista do título candango, único objetivo do clube nesse primeiro semestre.

Em sua residência, em Minas Gerais, Ricardo Antônio recebeu o convite para comandar o alviverde na noite da última segunda-feira e no mesmo instante aceitou o desafio. “Qual o profissional do futebol que não quer trabalhar com essa camisa tão memorável? Time de torcida, tradicional, que tem uma bela estrutura. É mais um desafio para a gente”, frisou.

O comandante chega ao clube em um momento de turbulência, onde o alviverde foi derrotado na partida de estréia pela equipe do Bolamense, mas garante que a situação pode ser superada. “Serve como um desafio né? Eu vejo bons atletas no elenco, eu acredito na minha forma de trabalhar e acredito que o treinar é a melhor solução. Na minha ótica não há substituto para o trabalho”, analisou.

Sobre o elenco, o novo treinador diz conhecer boa parte e prefere aguardar o trabalho para definir sobre dispensas e novas contratações. “É interessante chegar e colocar nossa forma de trabalhar para definir algo. As vezes um atleta não se adaptou à forma de treinamento do antigo de treinador e pode se adaptar com o nosso trabalho. Então eu acho muito cedo para falar em tirar ou buscar novos atletas. Temos quase 40 jogadores treinando, trinta registrados e a garotada da base. Eu costumo fritar o porco com a própria banha, mas se for preciso buscar alguém nós vamos buscar. Tenho certeza que a diretoria vai estar empenhada nisso”.

Sobre a cobrança, Ricardo Antônio se diz preparado. “Sei que a cobrança é muito grande, e tem que haver essa cobrança mesmo. Eu espero conseguir colocar minha sistemática de trabalho. Eu sou um cara que gosta de ver o futebol e estudar o futebol. E a aplicabilidade é dentro de campo. Vamos ver o que a gente pode tirar dos atletas. Empenho, dedicação, sei que não vai faltar a eles. Tem que ver também a forma que eles estavam trabalhando. É muita coisa”, filosofou.

A apresentação do treinador está prevista para ocorrer na tarde desta quarta-feira (24) às 16h no CT Ninho do Periquito.

 

Comentários

comentarios