Ricardo Antônio se apresenta aos jogadores e trabalha parte tática

Ricardo Antônio treinando o time do Gama

Ricardo Antônio orientou os jogadores a todo momento no treino de passes da última quarta-feira (24) | Foto: Sérgio Vinícius (BloGama.Net)

O novo treinador do Gama, Ricardo Antônio deixou tudo que estavam fazendo em Minas Gerais e em apenas um dia convocou Fernando Julião, seu auxiliar técnico, para se apresentarem no Centro de Treinamento Ninho do Periquito na tarde da última quarta-feira (24/01).

Antes de começar os treinamentos, os dois novos técnicos gamenses conversaram com o grupo de atletas e comissão técnica do clube, se apresentaram e já explicaram o trabalho que seria feito no dia. Ricardo e Julião não perderam tempo, marcaram o campo em formato reduzido com uma fita e cobraram muito dos jogadores a precisão em passes rápidos e constantes.

Questionado se aplicaria ao Gama a filosofia de defesa forte, implementada no Luziânia quando comandou o clube, Ricardo Antônio explicou que gosta do time jogando em bloco, com todos os jogadores atacando e defendendo ao mesmo tempo. “Hoje todo mundo ataca e todo mundo defende, o futebol moderno é baseado em 50 metros de campo. São 50 metros de defesa e outros 50 metros de ataque. Temos que saber atacar, aproveitar a técnica individual de cada um para criar elementos favoráveis e ganhar os jogos”, disse. 

Sobre a torcida do Gama ser exigente e cobrar bastante do time, Ricardo disse que é um ponto positivo no time e que a torcida tem todo o direito de cobrar porque faz parte do dia a dia do clube. “Já joguei contra o Gama diversas vezes, já vi muitas partidas do time e uma coisa que sempre me deixou encantado no Gama foi o procedimento da torcida, é vibrante, presente. Uma torcida que ajuda a equipe. Cobrança no futebol tem que existir, só tem um resultado que interessa que é a vitória, fico feliz de dessa vez estar com a torcida ao meu lado, ao meu favor”, explicou o treinador. 

A nova comissão técnica do Gama tem apenas quatro dias para conseguir aplicar seu estilo de jogo antes do confronto ante ao Formosa/GO no interior goiano no próximo domingo (28). O Formosa estrou com derrota para o Sobradinho por 2 a 1 e também precisa da vitória para não ficar para trás na primeira fase que tem 11 rodadas.

Comentários

comentarios