Três clubes contra a degola

Os resultados da rodada de final de semana reuniu algumas definições importantes no Campeonato Candango 2017. Se pelo lado da classificação à segunda fase restam poucas dúvidas, pelo rebaixamento três clubes brigam por duas vagas na famigerada Segunda Divisão de 2018: Formosa, Brasília e Taguatinga.

CLASSIFICADOS

Restando duas semanas para a rodada final da primeira fase, existem clubes pensando apenas em melhorar a situação na tabela e outros fazendo as contas para garantir a classificação. Até o momento cinco times estão classificados Brasiliense (21 pontos), Gama (20), Ceilândia (19), Paracatu (14) e Real (13). Brasiliense, Gama e Ceilândia brigam pela ponta nas últimas rodadas.

Para confirmar a classificação três times ainda precisam de resultados para garantir vaga na segunda fase: Luziânia (12 pontos), Santa Maria (11) e Paranoá (11). Brigam para retornar ao G-8 Sobradinho (11 Pontos), Formosa (7) e Taguatinga (6). O Brasília (6 pontos e apenas um jogo) não possui mais chances de se classificar.

REBAIXAMENTO

Das equipes que possuem 11 pontos apenas o Santa Maria possui a situação melhor e corre baixíssimas chances de cair. Paranoá e Sobradinho ainda correm algum risco e têm mais chances de se classificar do que cair.

Mas a briga pelo rebaixamento certamente ficará entre Formosa, Brasília e Taguatinga. Apesar de ter batido o líder no último final de semana, o Colorado ainda é fortíssimo candidato à segunda divisão em 2018. Isto porque não depende apenas de suas próprias forças. O Taguatinga com mais dois jogos por fazer ainda está seriamente ameaçado. Já o Formosa vem em queda livre e pode retornar à segundona depois de quatro temporadas na elite.

Confira abaixo como está a situação de cada clube no Campeonato:

  • BRASILIENSE – O Jacaré é líder isolado com 21 pontos no campeonato, mas surpreendentemente conseguiu a façanha de perder para o lanterna Brasília na última rodada. Já classificado precisa apenas vencer na última rodada para garantir a liderança. Jogos que restam: Luziânia (F);
  • GAMA – A vitória fora de casa deu novo ânimo para o Periquito buscar a liderança. Com mais três jogos pela frente, basta apenas uma vitória e um empate nos próximos compromissos. O verdão também depende do resultado da Justiça Desportiva sobre o caso Bezerrão. Jogos que restam: Sobradinho (F), Ceilândia (F) e Real(C);
  • CEILÂNDIA – Embalado por três vitórias consecutivas, o Gato Preto sofreu um duro golpe no último final de semana quando foi eliminado da Copa Verde pelo Luverdense-MT. Agora totalmente focado no candangão, o Ceilândia pode até sonhar com a liderança desde que o Gama tenha algum tropeço pela frente. Jogos que restam: Gama (C), Sobradinho (F) e Paranoá (C);
  • PARACATU – O time mineiro vem perdendo força nas últimas rodadas mas é franco favorito a permanecer no G-4. Pesa contra o tricolor o fato de ter somente mais um jogo pela frente. Jogos que restam: Formosa (C);
  • REAL – Assim como o Paracatu, tem apenas mais um jogo pela frente, pensa apenas em um bom resultado na última rodada e torce por tropeços da turma de baixo. Jogos que restam: Gama (F);
  • LUZIÂNIA – Depois de passar aperto no início do Campeonato, o alviazulino reencontrou o bom futebol e vem animado após a classificação para a Copa Verde. Com mais dois jogos em casa para disputar, pode chegar ao G-4. Jogos que restam: Santa Maria (C) e Brasiliense (C);
  • SANTA MARIA – Em sua melhor temporada, o Santa Maria viveu altos e baixos porém faltou aquele “algo mais” para sonhar com dias melhores. Ainda pode chegar ao G-4 mas precisa de tropeços do Luziânia, Real e Paracatu. Jogos que restam: Luziânia (F) e Sobradinho (C);
  • PARANOÁ – Antes cotadíssimo ao rebaixamento, o Paranoá entre trancos e barrancos chega nesta reta final dependendo apenas de si para se livrar da segundona em 2018. Pode até mesmo confirmar a classificação à segunda fase caso vença no último jogo que possui para disputar. Jogos que restam: Ceilândia (F);
  • SOBRADINHO – Outro clube que precisou se reinventar para não passar apertos, o Sobradinho tem mais chances de se classificar para a segunda fase do que de ser rebaixado. Com mais três jogos pela frente, basta apenas mais uma vitória para garantir a classificação. Jogos que restam: Gama (C), Ceilândia (C) e Santa Maria (F);
  • FORMOSA – Aqui começa a zona do desespero. Com apenas sete pontos conquistados e uma série de resultados ruins, o Tsunami goiano ainda depende somente de si para garantir não só a permanência na primeira divisão como sonhar com a classificação para a segunda fase. Mas a fase não anda nada boa e se o Verde Goiano não se cuidar, vai acabar caindo. Tem um duelo de vida ou morte contra o Taguatinga semana que vem. Jogos que restam: Atlético Taguatinga (F) e Paracatu (F);
  • BRASÍLIA – O Colorado tantas vezes campeão de Brasília está muito próximo de retornar a segunda divisão. Com apenas mais um jogo pela frente, o time vermelho campeão da Copa Verde precisa vencer e torcer por tropeços de Formosa e Taguatinga para se salvar. Jogos que restam: Atlético Taguatinga (C);
  • ATLÉTICO TAGUATINGA – O empate contra o Real foi muito ruim para as pretensões do time rubro negro. Apesar da lanterna, o Jaguar depende apenas de si para escapar da degola já que terá dois confrontos diretos nas duas últimas rodadas. Jogos que restam: Formosa (C) e Brasília (F).

CLASSIFICAÇÃO

Pos. Time Pts J V E D GP GC SG Aprov.
1 Brasiliense 21 9 6 3 0 13 4 +9 77,8%
2 Ceilândia 19 8 6 1 1 13 5 +8 79,1%
3 Gama 17 7 5 2 0 12 2 +10 81%
4 Paracatu 14 9 4 2 3 12 10 +2 51,8%
5 Luziânia 12 9 3 3 3 11 8 +3 44,4%
6 Real 12 9 3 3 3 8 8 0 44,4%
7 Santa Maria 11 9 3 2 4 11 9 +2 40,7%
8 Sobradinho 11 8 3 2 3 14 14 0 45,8%
9 Paranoá 8 9 2 2 5 6 17 -11 29,6%
10 Formosa 7 8 2 1 5 8 12 -4 29,2%
11 Atlético Taguatinga 5 8 1 2 5 7 12 -5 20,8%
12 Brasília 3 9 1 0 8 9 23 -14 11,1%

 

Comentários

comentarios