Vai um atacante aí?

O Gama segue em treinos físicos visando sua participação no Campeonato Candango de 2018. Depois da pífia campanha no torneio deste ano quando foi desclassificado pelo Paracatu nas quartas de final, o time alviverde sofreu uma ampla reformulação. Apenas 4 atletas da temporada passada seguem no clube: o zagueiro Bronzatti, o volante Lucas Dias, o meia Gordo e o atacante Lucas Victor.

Para qualificar o grupo, a Diretoria foi em busca de um de seus destaques de 2016, o meia Fábio Gama. Depois de fazer um bom candangão, o jogador foi fundamental na boa campanha realizada pelo Periquito na Copa do Brasil onde chegou à terceira fase. Suas boas atuações o levaram a se transferir para o ABC-RN, clube onde foi campeão estadual e conquistou o acesso à série B.

Com a reformulação e sem dinheiro em caixa a qualidade do elenco sofreu uma baixa considerável. Esqueça jogadores destaques de grandes campeonatos (Como Rafael Grampola em 2015). Agora destaques locais do Santa Maria e do rebaixado Taguatinga foram os principais reforços do clube alviverde para a próxima temporada. O ataque foi o setor mais afetado já que apenas o desconhecido David Dener  e o veterano Fábio Saci são homens de referência.

Um jogador em especial essa referência no ataque. Roberto Pitio. O centroavante vindo do Rio Branco-PR recebeu a missão de substituir Grampola na temporada de 2016 e não fez feio. Mesmo com o gancho de quatro jogos recebido pela confusão no clássico, Pitio acabou artilheiro do time com seis gols marcados atrás apenas de Romarinho do Ceilândia (13). Depois de se transferir ao Bragantino, o matador está em busca de outro clube.

Por meio das redes sociais, o atacante disse que não foi procurado pela direção a fim de um possível retorno. Ele aguardava uma possível transferência para o exterior que acabou não ocorrendo. E então? Vai um atacante aí?

Comentários

comentarios